Datação
O abandono de ambientes construídos pelo homem aliado ao sertão do Nordeste. É neste cenário – em meio às ruínas - que o fotógrafo encontra sua inspiração maior e sua narrativa. Diz-se que “onde foi casa, sempre será tapera”, representação do imaginário do povo segundo o qual, embora inabitado, o lócus continua guardião da memória dos que lá viveram. As intempéries da natureza encarregam-se de mudar, de marcar; o tempo testemunha e data.

You may also like

Back to Top